terça-feira, 28 de maio de 2013

Lágrimas



Deve existir algo extranhamente sagrado no sal: está em nossas lágrimas e no mar...
e talvez more aí nossa verdadeira redenção..sentimentos e razões misturados a uma partícula infinita de água, que verte.

E ela cai produzindo um som interno; nos desperta, nos fragiliza e nos fortalece em questão de segundos, o que sabemos é que no fim somos seu próprio som intenso e que mesmo não sendo possível chorar e pensar ao mesmo tempo, nós a absorvemos.
Existe aí uma força muito especial capaz de derreter o gelo e aquecer milhares de  corações.

Uma resposta interna da divina natureza de nós mesmos.

Chorar é lindo, pois cada lágrima na face são palavras ditas de um sentimento calado.
Pessoas que mais amamos, são as que mais magoamos porque queremos que sejam perfeitas e esquecemos que são apenas seres humanos...como nós.
Erramos ao pensar que todos são iguais...
Nunca diga que esqueceu alguém, ou um amor, diga apenas que consegue falar neles sem chorar, porque qualquer amor por mais simples que seja, será sempre inesquecível.


As lágrimas não doem...O que dói são os motivos que as fazem cair.Não desacredite, mas certifique-se de estar entregando seu coração e seus momentospara alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas ideias e planos e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço possa valer mais que qualquer palavra.


Não nos envergonhemos de sua queda, elas representam um interior que se abre para a vida.
Uma coisa é certa e inegável: choramos lágrimas de rir e quando choramos pra valer não derramamos uma lágrima. Amamos mais do que podemos e, por medo, sempre menos do que somos capazes.

Amor, ódio, saudade, frustração, felicidade, tristeza, descobertas, incertezas...e mais, o seu mais.

Mas existem frases que nos fazem pensar...."Jamais desconsidere a maravilha das suas lágrimas. Elas podem ser águas curativas e uma fonte de alegria. Algumas vezes são as melhores palavras que o coração pode falar - A Cabana Willian P. Young.
Será esta a incrível relação entre o sabor e a razão que tanto observamos quando sentimos nossa visão turva?

Somos prova disso em infinitos momentos onde as portas interiores insistem em permanecer abertas ou então fechadas por um período muito longo.
O sal e a água é mesmo um milagre interno... é para aceitarmos o que não tem explicação, não se surpreenda...

Isto é um dom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu registro...