domingo, 24 de outubro de 2010

FEELING

Ir e vir precisa se tornar mais que uma vontade, de fato um dever que nos comprometemos a executar.

Com todos, mas primeiramente por você. Estabeleça um limite, pode ser um imediato desvio no caminho racional que lhe faz permanecer voluntariamente correto.
A simples expressão de perplexidade que nos cobramos, caras e bocas, trejeitos.

Existe um ditado que diz: Cada coisa a seu tempo. Pense um pouco e diga se você está esperando sua vida ter uma certa razão. Um breve questionamento que faz toda a diferença.
Sentir-se bem, uma indiscutível dose de estar.

Adquirir liberdade implica diretamente em possuirmos originalidade?
Nem sempre...
Existem aqueles que vivem em seu mundo próprio, cheio de gente, mas que involuntariamente continuam sozinhos e sem ao menos expressar a verdadeira vontade de ver-se intenso. Porém, essa é uma decisão muito particular dentro de um contexto repleto de desculpas convenientes ou silenciosamente inconstantes.
Será mesmo que precisamos viver assim?

Pagamos um preço alto demais por sermos loucos.
Dar de cara com a chuva pode mesmo aliviar a tensão, impactamos o espírito.
Sentimos o gosto amargo ou o doce sabor da dúvida, eis aqui uma dívida que devemos quitar.
Amar o estranho por mais infinito que seja é uma boa alternativa diante de tudo que ainda podemos e desejamos.

Se para cada passo dado você contar os segundos, estará ao final dos tempos somando todas as oportunidades não realizadas, as aspirações adormecidas, verá as sensações se transformando em meros "porques" pausados diante de imagens projetadas e não concluídas. Contar a vida requer uma demasiada pitada de sensações, essas; captadas através de devaneios de felicidade...e esta, antes que tardiamente...
Um sorriso ainda causa mais impacto do que racionalizar um abraço.

Sentir-se bem é mesmo uma questão completa de percepção, mais e mais.

2 comentários:

  1. Eu costumo dizer:"Faça! Mas faça mesmo!"
    Muitas vezes nossos sonhos não passam de desejos fúteis e esquecemos que é preciso paixão e trabalho para que as coisas aconteçam e, ainda assim, a vida tem seu próprio tempo que não obedece nossa vontade.
    Como a semente que vai germinar, crescer e só então dará frutos.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Good reflexions friend....
    I use to say...Carpe Diem...
    When you become a pather your point of view above all change the first second you see your baby...now i see everything better.I think i live every second more intensive.
    Big hug Dani ;D

    ResponderExcluir

Deixe seu registro...