quinta-feira, 24 de setembro de 2009

SER PELO SER


Buscamos a felicidade.
Buscamos a vida.
Buscamos a intensidade.
Porém, por que fugir da realidade parece tão certo?
Dependência emocional e seus questionamentos.
Tais filosofias se devem ao fato de vivermos rodeados de dúvidas pessoais sobre vida, felicidade e deveres. A psiq humana esconde e nos coloca em fatos distorcidos da realidade alheia o tempo todo, testes.
Estudar a mente humana, enxergar pelos olhos do observador.
Ou como diz um amigo: Cabeça de gente é terra que ninguém passeia.

Enfim, deixando a literatura de lado e partindo para o lado racional, façamos algumas ressalvas sobre o SER.
A inspiração ainda é a maior fonte que alimenta o ser.
Suas verdades escondidas, seus medos transparentes, suas escolhas reais.
Desta forma, continuamos nós no constante zero a zero?

Verdade seja dita:
A capacidade humana em ser complexo torna qualquer discussão muito aberta e propensa a abismos de palavras e sentimentos.
Façamos melhor: vivamos para nossa própria inspiração e direção de maneira que a cada dia possamos escrever um capítulo a parte nesta jornada pessoal chamada vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu registro...