quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Valores e afins

Por favor, ao sair feche a porta.
Em uma sala com inúmeros candidatos, quem não quer ser a mosca para ver o que acontece em cada entrevista alheia?
Sim, todo mundo um dia já desejou ser uma mosca, seja para saber o que seu oponente fala ou como se comporta, seja rir de suas próprias piadas, aquelas que só você solta quando está em uma situação de pânico, no mínimo.
Quem depois de uma entrevista não se pergunta: Como eu falei isso ou deixei de demonstrar aquilo?
Well meus caros, no mundo de hoje, nossas chances são bem reduzidas e temos de valorizar nosso tempo, por isso: Faça um bom planejamento antes de sair de casa para uma entrevista de trabalho.

Não digo apenas para você revisar bem seu currículo, mas sim estar por dentro do mercado em que você atua ou pretende, pois este sim será seu diferencial na hora da escolha final. Aquela escolha que certamente definirá quem ficará dentro da sala.
Hoje não bastam mais apenas boas palavras difíceis colhidas no dicionário do seu pai, você precisa estar de verdade no contexto chamado carreira.
Estar atualizado é o mínimo exigido, se você possui um bom portfólio, saiba que está um ponto na frente daqueles que apresentam somente bons currículos como referência.

Pegue suas idéias, suas fotos, seus cases de maior acerto, transforme-os em realidade.
Crie seu mundo e divulgue a todos, aumente sua chance de permanecer do lado certo da sala.
Nada pode dar mais certo do que fazer e não apenas ficar esperando.
Existem valores e afins que fazem parte do nosso cotidiano corporativo: Ética, responsabilidade, criatividade, versatilidade e feeling, pontos mais que importantes, fundamentais para você seja lembrado em qualquer entrevista ou trabalho, ser exclusivo sempre.
Mas como?
Acredite: Cada pessoa pode ser exatamente aquilo que ela quer ser, basta colocar uma dose de empenho, realidade e tempo.
Pegue seu tempo ocioso ou o que está "sobrando" e comece a ler mais, escutar e procurar compreender melhor as notícias que saem nos meios de comunicação e acima de tudo: torne-se e mostre-se interessado sempre.

As pessoas são lembradas por aquilo que elas são e fazem, portanto, nada de idéias mirabolantes, apenas use seu instinto para elaborar idéias que valham a pena; e executar planos consistentes que façam todos saber quem você é e por onde você anda.

" Não me entrego
sem custos.
Cobro-me
altos valores.

Sou cara
(talvez coroa),
Não estou a venda
na venda.

Mas meu preço
baixa facinho...
Por muito ou por pouco que valha.

Pago dobrado
por qualquer graça que faças."

Charles Chaplin

terça-feira, 29 de setembro de 2009

HOJE

Quero que a partir de hoje você comece a prestar atenção nas coisas que realmente valem a pena em sua vida.

Você é feliz?

Se existe um minuto para pensar, este minuto é agora.
Existem milhares de motivos que podem nos levar aos extremos, mas poucos segundos para retornarmos ao nosso central, já pensou nisso?
Ou seja: não faça idiotices, você tem pouco tempo para ser feliz e muitos minutos para se arrepender.

Seja profissionalmente ou pessoalmente, você pode ser exatamente aquilo que sempre quis ser, basta investir seu tempo para isso e por isso. Na vida somos obrigados a enfrentar situações, acontecimentos que nos deixam mais do que nos fazem, mas acredite: ainda sim existem infinitas possibilidades.

Afinal:
Tudo hoje pode ser...Amanhã talvez....ontem passou...
E se você parar demais para pensar, acredite: Não terá tempo de viver.
A vida é um presente que nos é concedido, mas com tempo limitado e se desperdiçarmos esse tempo, quando teremos a chance de faze-la melhor?

Hoje é muito mais que ontem e com certeza menos que amanhã, basta empregarmos energia e gerarmos menos complicações. Pensar demais, falar demais. As pessoas ouvem de menos, esse é o grande ímpar da vida.
Então somente por hoje ficarei a observar as coisas boas da vida.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Comunication, art and talent


Comunication: Field of academic knowledge that studies the processes of human communication.

Do you know how to comunication is so important?
Well my friend, in this world, and in this time...you must know it. Every day we must pass an idea, a thought to someone or to a group. Communication is the answer of the reason. It is that makes us think and says what we really want to tell and how to tell.
It may be only a small idea, but it is a great demonstration of capacity.
The Communication is very important, but remember that you need a good argument to make it real. Always give your best. Find your inner truth, trust your analytical capacity.The truth is never small, and a great lie is
Never big enough to hide what you want to pass to someone.Information is everything.
In today's times we are invaded. Daily we are invaded by products, ads and all kinds of information.
but we have the power of choice, because our indivudual culture tell us what we> want to teach and take from this life.
Communicating is more than a gift, it is an art. So, who you are , it always makes the difference.Difference does not mean a mistake, but it is that each one has a talent for something
different.
Doing something new, something about writing, painting,music...communication is the expression of the soul. Write, paint, compose a beautiful song, dance or just think about doing something positive. Communication is the expression of the soul.In life we have to think about
what we want and can.

A good example is the example we need to fix ... copying. Open a newspaper, read a newspaper, listen to the advertising jingles. A lote of messages, but most of them, copies ... following the recipe of winners. Where are the creators and their different and revolutionary ideas? The difference is still subtle, but it exists within each creative movement ,the true media. It is up to us, the creative and active advertising, always do the right with
our minds, the art of making a difference.
I wouldl like to talk about one person in particular that moved by endless reasons,
knows the real sense of the term Communicate.

His name is Michael Moore, Journalist focused, dynamic and different, well:
a complete communication of distorted facts. Moore, this is his name. He asks for more.
The reasons that makes him different, the world knows: TRUTH. He honors the human being by the human being. What makes him special?
Learn to put the image in the first place .. the words in this case are
coadjuvants. He can and knows how to use the real meaning of the word.
learn more: http://www.michaelmoore.com/

I hope more, I talk more,I am inspired more than ever. Because I know the
power of the word and to where it may take me.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

SER PELO SER


Buscamos a felicidade.
Buscamos a vida.
Buscamos a intensidade.
Porém, por que fugir da realidade parece tão certo?
Dependência emocional e seus questionamentos.
Tais filosofias se devem ao fato de vivermos rodeados de dúvidas pessoais sobre vida, felicidade e deveres. A psiq humana esconde e nos coloca em fatos distorcidos da realidade alheia o tempo todo, testes.
Estudar a mente humana, enxergar pelos olhos do observador.
Ou como diz um amigo: Cabeça de gente é terra que ninguém passeia.

Enfim, deixando a literatura de lado e partindo para o lado racional, façamos algumas ressalvas sobre o SER.
A inspiração ainda é a maior fonte que alimenta o ser.
Suas verdades escondidas, seus medos transparentes, suas escolhas reais.
Desta forma, continuamos nós no constante zero a zero?

Verdade seja dita:
A capacidade humana em ser complexo torna qualquer discussão muito aberta e propensa a abismos de palavras e sentimentos.
Façamos melhor: vivamos para nossa própria inspiração e direção de maneira que a cada dia possamos escrever um capítulo a parte nesta jornada pessoal chamada vida.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

VOCÊ S/A


Criar expectativas.
Inúmeros processos e passos envolvem a dinâmica diária em que somos expostos em busca do perfeito. Enfim, do mínimo que precisamos deixar em ordem para que fatos e obrigações aconteçam ao nosso redor.
Poucas coisas me deixam mais perplexas do que a falta da capacidade humana em ser mais e melhor.
Buscamos a intensidade, resultados constantes dos investimentos que fazemos.
Existe flexibilidade em sua rotina para você realizar alguma atividade pessoal?

Temos o dever de separar um tempo para "você" e para o S/A; eu explico:
Você sabe o que precisa fazer para cumprir seus prazos, seus objetivos profissionais, sua rotina de afazeres, sejam eles quais forem ou para quem forem.
Tempo é uma questão de ponto de vista, comece a refletir sobre como isso afeta sua vida.
O você envolve capacidade sem futilidade que domina nossa visão estreita de desejos e vontades. Eis aqui uma dinâmica interessante em favor da pró-vida: determinação.

O S/A faz parte do seu universo profissional-lateral.
Seu trabalho não é sua vida, é apenas um meio de relacionar-se com pessoas e idéias que lhe permitem ganhar dinheiro, experiência e reconhecimento.
Muitas pessoas confundem trabalho com escravidão e não conseguem com isso ser feliz onde quer que estejam atuando. Sua postura é importante, por isso sempre repito: queime idéias e não a cabeça.
Não seja uma sombra, apenas o melhor que puder ser e quando quiser realmente ser.

Pensando nisso fica a mensagem;
Quando bater a vontade de sair correndo vá e deixe por alguns segundos o arrebatamento vital tomar conta do seu corpo e mente. Somos fulgazes suficientes para fazer a volta e começar tudo de novo.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Paradoxo atemporal


Algumas mensagens são importantes, preste atenção aos sinais e comece a dar vazão para a sua essência.

Nós bebemos demais, gastamos sem critérios.
Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde,
acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV
demais e raramente estamos com Deus.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e
não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e
encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas
não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo,
mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos
menos; planejamos mais, mas realizamos menos.
Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais
informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos
comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta;
do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e
relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas
chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral
descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das
pílulas 'mágicas'.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na
dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te
permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar
'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o)
e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame...
se ame muito.
Um beijo e um abraço curam a dor,
quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua familia e as pessoas que estão ao
seu lado, sempre.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Inteligência bivitelina


Hoje passo rapidamente para expor uma arte realizada em conjunto e com muita propriedade.
Os gêmeos Otavio e Gustavo Pandolfo colocaram seus respectivos nomes no rank exterior da arte com exclusiva qualidade.

Arte inovadora, contemporânea e criativa.

Em Nova York, Londres ou Milão, todo mundo que entende de arte sabe quem são Os Gêmeos. Os grafiteiros paulistanos Otávio e Gustavo Pandolfo, de 34 anos, são o que há de mais hypado em termos de street art.
Na verdade, a dupla, que começou ainda na adolescência pintando muros no Cambuci, seu bairro natal, ficou famosa primeiro no exterior e, depois, no Brasil.
“Nos anos 80, ninguém sabia bem o que era grafite”, diz Gustavo. “Algumas vezes, a polícia parava, perguntava se a gente tinha autorização. Mas todo mundo sempre reagiu bem.” Ganhar a vida com sua arte, no entanto, só de uns 12 anos para cá.
Hoje, eles são representados em Nova York pela galeria Deitch Projects, a mesma de Andy Warhol e Basquiat. Em 2008, uma obra deles chegou à fachada da prestigiosa Tate Modern, em Londres.
Além da mostra no Rio, que abre esta semana, neste ano a dupla deve expor seus quadros e instalações em São Paulo, Nova York e Milão.
(crédito: Revista Quem)

Confira:

Comunicar-se faz bem



A verdadeira comunicação exige concentração e impetuosidade.
Empregar palavras na ordem certa traz resultados inesperados. Quer entender?

O domínio ortográfico é essencial quando pensamos em criar uma isca para nosso produto/pessoa.
Saber pelo saber não vale, é preciso fundamentar idéias, solidificar palavras, sub-entender dizeres...margens seguras de racionalidade.
Você sabe até onde quer chegar com sua imagem?
O quer quer passar?
Sabe como transmitir?

Primeiramente deixe-me explicar:
Comunicar-se faz bem pelo bem. Se você optou em seguir a profissão comunicativa, acredite, na maior parte do tempo as coisas acontecem muito rápido a sua volta, desta forma estar preparada é o mínimo que você pode fazer por sí e por outros que fazem parte de sua rotina. Tendência não é só uma palavra, preste atenção nisso.
Não basta um bom cartão de visita, é preciso um portfólio consistente, bagagem esta, definitiva para sua permanência no mundo corporativo.
Saber escrever, ter o domínio da palavra, estes são passos fundamentais para quem deseja ser um redator. A criação ilimitada como cotidiano.

Estamos em um mundo globalizado, enfrentamos fantasmas todos os dias, buscamos alternativas e algumas boas respostas na maioria do tempo, mas tenha em mente: tudo depende direta e exclusivamente de você.
Não caia no conto achando que boas palavras vendem, é preciso saber comunicar e a quem comunicar.
Afinal: 78% dos consumidores confiam por recomendações de amigos e 14% confiam somente nos anúncios, desta forma saiba fazer valer seus minutos preciosos em frente a uma tela de computador e principalmente quando for finalizar suas reuniões com a equipe de criação.
Saiba captar os sinais, aprenda com seus erros primários. Começou?, termine.

O que determina um bom comunicador?
A capacidade de saber passar adiante e obter a verdadeira atenção, aquela que involuntariamente permanece quando você não esta presente.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

É isso aí

AlmapBBDO é a Agência do Ano no Festival de Publicidade da ABP


Felicidades, congratulations, isalud, prost, à la vôtre, salute


quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Ser profissional

Ser capaz. Está aí um ótimo argumento para o início deste artigo.
Lembre-se: alguns princípios são singulares na hora de escolher um profissional para uma agência ou empresa com foco em marketing:

Ter uma visão geral da relação do plano de comunicação com o planejamento estratégico de marketing, traçar objetivos e estratégias de comunicação, fundamentados pela verba operacional de marketing, saber elaborar, desenvolver e aprovar briefings de criação, produção e mídia, apresentar, desenvolver e aprovar campanhas publicitárias, entre outras.
Atendimento, planejamento, criação, mídia, produção, RTV e pesquisa, são palavras que precisam fazer parte do dia-a-dia de um profissional capacitado e interessado.

O papo aqui hoje trata-se de analisarmos o que torna um profissional não só capaz, mas peça
fundamental em seu meio de trabalho.
Todas as qualidades mencionadas acima trata-se do básico, onde devemos nos mostrar além?
Neste mundo cão da propaganda, temos de ser os leões famintos, principalmente em se tratando das que dizem respeito à interação permanente com a sociedade e o mundo do trabalho e a formação da consciência ética.

Formar profissionais, pessoas antes de mais nada humanas capazes de interagir, difundir e unificar idéias, são denominadores no caminho de uma empresa focada, dinâmica e que preserva a essência criativa de seu colaborador. Cada um com seu diferencial, seu talento.
Desta forma, faça de seu trabalho uma ferramenta diária de comunicação. Possua uma interação verdadeira com seu meio social.
Busque alternativas inteligentes para burlar a mesmice.

Outro dia escutei uma história bem interessante sobre uma profissional que estava em busca de um trabalho em agência - seu foco.
Bem, a mesma estava a 1 ano fora do mercado, apenas estudando quando apareceu uma oportunidade de estágio. Estava no quadro da faculdade: Faça um trabalho diferenciado e mande para a cx postal (não recordo agora) , os melhores trabalhos serão selecionados e chamados para a segunda etapa. Não diziam qual a agência, apenas o cargo que na época era de criação.
Bem, sem idéia na cabeça fez a única coisa que lhe pareceu convincente naquele momento:
Pegou uma caixa de papelão, colocou dentro: uma galinha de borracha, um pote de farofa, uma garrafa de pinga. Fechou a caixa e escreveu fora: Isto não é um trabalho, é um job.

No dia seguinte ao envio de seu "job", tocou o telefone e era o próprio Washington Oliveto.
Foi contratada!

Boas histórias como essa nos faz pensar em como devemos ser além do que estamos acostumados.
Ser profissional é estar único na maioria do tempo.
Reforce seu intelecto e procure raciocinar em conjunto com seu pensamento.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Bom exemplo

Clique no link abaixo e aprecie um bom anúncio direcionado e bem escrito.

Triathlete magazine

Abraços.

É PRA JÁ


Hoje é o dia de você começar a prestar atenção nas mensagens que transmite ou quer transmitir.
As palavras trazem resultados quando bem empregadas, direcionadas e que transmitam muito mais que boas mensagens.
Existe a sutil diferença entre querer e de fato estar presente na mente e desejo dos consumidores.

O desejo de hoje pode se tornar a conquista do amanhã. É assim que você precisa trabalhar quando for passar sua idéia adiante. Suas ferramentas devem sempre estar ampliadas e definidas.

Ao chegar hoje no trabalho existirá em sua mesa (como todos os dias) uma lista de textos e revisões que precisam ser definidas até o final do seu dia. Seu chefe conta com sua inesgotável fonte de inspiração, dedos, braços, pernas, ar...enfim, você é a engrenagem da agência, de forma que sim, as coisas dependem de seu talento e destreza.

Lá está você em sua mesa escrevendo, bolando temas, slogans, cultivando a indescritível falta de aptdão de seu chefe quando o mesmo sugere que a agência pegue a idéia de criar um slogan para saquinhos de vômito de avião (não se esqueça que horas e horas e horas na frente de um computador geram orgias verbais, não se assuste).
O que você faria numa hora dessas?

Ok, pense.....

Mais um pouco......

Pensou em algo?

Lembre-se meu caro, boas idéias podem estar onde menos esperamos.
Como disse Zeca Martins no trecho inicial do livro:
" O cliente de sua agência talvez esteja nas mais diversas formas".

Pensando nisso, segue minha dica de hoje:

OFEREÇA UMA VANTAGEM NO TÍTULO
A revista Reader`s Digest (Seleções), tem três princípios básicos para seus títulos: Mostre uma vantagem para o leitor, torne essa vantagem bem evidente e mostre como é fácil obtê-la.
O redator de propaganda John Caples dizia: “os títulos é que fazem os anúncios funcionarem. Os melhores títulos apelam para o interesse pessoal dos leitores ou lhes dão notícias novas. Títulos longos que têm alguma coisa a dizer superam títulos curtos que não dizem nada. Lembre que cada título tem uma função: deve paralisar o leitor com uma promessa que ele possa acreditar.”
Use o título para selecionar seu prospect. Injete novidade no título; seu produto só será novo uma única vez.

NÃO TENHA MEDO DE TEXTO LONGO
Apesar da grande quantidade de anúncios visuais, quando a compra do produto envolve considerações de preço e tempo, é bem provável que o consumidor irá ler tudo o que você tem a dizer.
Não polua o texto com frases vazias; as pessoas querem fatos.
Evite conversa de fabricante e fale claramente.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Aguardem


Semana começando com tudo!
Bons artigos, boas visitas, inspiração a mil.
Esta semana., atendendo a solicitações, dedico aos profissionais da área de propaganda em geral.
Aguardem que teremos bons assuntos na mesa, ok?

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

11.09.09


Hoje não é sexta feira 13 , mas há 8 anos o mundo parou diante de atos terroristas em N.Y.
Tristeza e impotência.
Deixo o dia em silêncio por aqueles que se foram.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Dia a dia


Imediatismo, palavra de ordem para você começar a se mexer.

Duas medidas importantes na vida: frente e verso, eu explico:
Ou você encara de frente seus medos ou vive deixando para trás suas decisões.
Desta forma inicio este artigo descrevendo à você algumas medidas consideráveis.

1- Nunca deixe de responder a nenhuma pergunta, o vazio de respostas indica sua inclinação a eterna indecisão. Os segundos de silêncio muitas vezes representam falta de comprometimento. Termine os assuntos de frente e no verso nunca finalize suas frases com palavras de pessimismo e fuga do tipo: eu sei, eu sei.

2- Respeite seu tempo e corra atrás quando seu limite chegar. Não espere, faça acontecer (este ditado é velho, mas funciona). Você é sem dúvida seu maior incentivador e isso ninguém pode lhe tirar, ao contrário, quanto mais você se mostrar capaz, mas as pessoas se aproximarão e tentarão sugar esta sua energia construtivista.

3- Trabalhe para obter resultados satisfatórios, fuja de especulações infundadas ou picuinhas. Lembre-se: Uma vez que a palavra é dita, não se pode voltar atrás. Desta forma, pense sempre antes de agir e aja com princípios.

4- Seja curioso e positivista. O maior trunfo de um profissional é ser ímpar na maioria das vezes. isso torna o trabalho leve, incansável e prazeroso. Nada como um dia após o outro para aprender com um belo sorriso alheio.

5- Ética, coerência e respeito não podem ser apenas exemplos, siga a regra e não seja uma exceção.

Não existe um manual a ser seguido, o que prevalece é o bom senso comunitário na hora de ser um profissional ativo e altivo. Cada pessoa possui uma característica dominante, a chave está em saber dosar os extremos e encontrar o ponto de equilíbrio entre a razão e a sensibilidade que permeia nossa vida.
Existem momentos em que o que mais queremos é jogar tudo para o alto e sair gritando, nessas horas pegue o seu floral, leia seu livro, acenda um incenso, estude, escreva, queime as idéias, não a cabeça.
Encontrar a solução é a maior cartada.
Desta forma, pare de reclamar e comece o desafio de encontrar boas respostas, soluções para seus enigmas pessoais.
Invista tempo e saúde no seu trabalho, na sua carreira e principalmente em satisfazer suas necessidades de ser profissional onde quer que esteja atuando.

O campo de batalha é longo, cheio de curvas e desníveis, de nada adiantará ficar vivendo quando só existe essa vida para você fazer acontecer.
É mais ou menos como no jogo de xadrez. Você precisa raciocinar, idealizar a jogada, entender qual passo seu oponente irá dar, mover ideais e idéias - sair do lugar.

Finalize seu dia agradecendo, pois nem todos possuem o talento que você tem: ser único em uma grande maioria.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

COMPORTAMENTO


Comportamento é definido como o conjunto de reações de um sistema dinâmico em face às interações e realimentações propiciadas pelo meio onde está inserido. Exemplos de comportamentos são: comportamento social, comportamento humano, comportamento animal, comportamento atmosférico, etc.

Parte 4 do livro de Zeca Martins:

" Glamurosas melancias!. Você alguma vez havia pensado em adjetivar assim uma melancia?
Já o sujeito da barraquinha de sanduíches oferece, num cartaz, seu hot-dog Bin Laden. O que será isso?
Um hot-dog com temperos árabes ou terá um molho apimentado explosivo?. Há muito o que se observar por aí.
Não confundir respeito ao cliente e ao consumidor de seus produtos com as bobagens "politicamente corretas" que diariamente pipocam por aí. Muitas são frescuras mesmo".

Ótima frase: parece slogan da C&A, mas o redator tem mesmo de ser alguém com prazer em conhecer.
Nesta fase do livro me deparo com um fenômeno muito interessante sobre comportamento humano e suas raízes.
A atualização entra como chave-mestra neste sistema chamado comunicação, uma vez que estar preparado e possuir abstração suficiente para captar todo tipo de informação, não só faz a diferença como também determina que tipo de redator você quer ser ou continuar sendo.
Informação é a chave do baú, o que faz a roda a criatividade girar.

O que você pensa, pesquisa, lê, ouve, determina não só que tipo de profissional é, mas o que faz valer seu tempo na hora de criar ou recriar um conceito no mercado.
Vivemos intensas mudanças comportamentais, onde tendência caminha freneticamente junto ao poder da palavra e isso meu caro, faz mesmo a diferença na hora de ser contratado para um job.

Desta forma é preciso investir tempo e dinheiro em boas fontes de aprendizado, não padronizar comportamentos e o melhor: se desfazer de pré-conceitos e julgamentos.
Hoje olho para frente positivando a postura do meu primo Mauro, publicitário de mão cheia, que sempre tem uma terceira visão e opinião sobre tudo.
Assim vive a engrenagem dos bons profissionais da comunicação deste país, permeados por inúmeros job`s de qualidade e que quantificam o rank brasileiro lá fora.

Vamo que vamo, depois tem mais.