segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Plantando sementes

Van Gogh Sun flowers
Como entender algumas mudanças na vida?
Como superar os próprios limites?

Alguns questionamentos são fundamentais para as respostas necessárias que queremos, mas o importante é sabermos o que queremos encontrar de verdade na nossa frente....leões ou lobos?
Os leões são rápidos, imponentes e intuitivos...já os lobos são criaturas agressivas, perspicazes e persistentes.
Onde quero chegar?, simples meu caro:
Na vida existem duas maneiras de você enfrentar as pessoas, sendo leões ou lobos (lembre-se trata-se apenas de uma metáfora exporádica, você pode ser apenas uma galinha, o que não o impede de se tornar algo a mais).
É como colher frutos..diariamente você precisa regar a planta.
Estamos na terra para superar, surpreender...sendo um leão ou lobo, cada indivíduo por sí só tem a capacidade de se moldar...aprender. Neste sentido é que dizemos que somos apenas um, mas um que faz a diferença por todos ou então que somos únicos em sua grande maioria.

"Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade que de máquinas.
Mais de bondade e ternura que de inteligência
Sem isso,A vida se tornará violenta e Tudo se perderá"
Charles Chaplin



quinta-feira, 20 de novembro de 2008

STICKY & SWEET TOUR

Madonna Louise Veronica Ciccone (Bay City, Michigan, 16 de agosto de 1958), conhecida simplesmente como Madonna, é uma cantora, compositora, dançarina, produtora musical e cinematográfica, atriz e escritora estado-unidense. Vencedora de oito Grammy e de um Globo de Ouro de melhor actriz comédia/musical pelo papel em Evita, a cantora é também a intérprete de duas músicas vencedoras do Oscar de melhor canção.
Em 11 de Março de 2008 Madonna, entrou para Hall of Fame do Rock and Roll título americano cedido aos artistas que fazem história e têm grande importância e influência no mundo da música por no mínimo 25 anos. Madonna adquiriu muitos prémios ao longo da sua carreira e esta soma um pouco mais de 120 prémios, sendo uma das cantoras mais premiadas no mundo, segundo a Agência FamaPress, Madonna é mais conhecida pelas polémicas que causa ao misturar temas políticos, sexuais e religiosos na sua obra.

Madonna é chamada constantemente por “Material Girl” e “Rainha do Pop”, devido às suas vendas notórias e à sua influência inigualável na história da música.

Na primeira, Madonna veste o famoso sutiã cónico, simula masturbação numa cama e logo após, com um crucifixo no pescoço, canta “Like a Prayer”, fazendo o show ser censurado pelo Papa na Itália. E na segunda, topless de dançarina, simulação de sexo, chicote, botas de couro e máscara fazem parte do figurino de Madonna.Na segunda metade dos anos 90, após o nascimento de sua primeira filha, Lourdes Maria, Madonna sofre uma completa reinvenção, fazendo o musical “Evita” (1996) e lançando o grande e elogiado “[album artist=Madonna]Ray Of Light[/album]” (1998), considerado por muitos seu melhor disco. Esse álbum rendeu-lhe 4 Grammys e 6 prémios do MTV VMA.Além de conquistar doze hits número um e trinta e sete hits nas dez mais do Billboard Hot 100 dos EUA, ela ganhou 27 prémios do MTV Video Music Awards (incluindo o prémio Vanguarda de Vídeo), seis Grammy, bem como um Globo de Ouro de Melhor Atriz (Musical ou Comédia) por seu papel em “Evita”. Duas faixas interpretadas por Madonna, “Sooner or Later” e “You Must Love Me”, foram premiadas com Oscars.Um dos mais recentes lançamentos de estúdio de Madonna, o álbum “Confessions on a Dance Floor”, de 2005, quebrou um recorde mundial ao atingir o número num um total de quarenta países, o maior número alcançado por um álbum.

O primeiro single, “Hung Up”, também quebrou um recorde ao atingir o número um em quarenta e um países. “Hung Up” também se tornou num dos singles melhor vendidos de Madonna com um total de vendas de mais de 4,7 milhões de vendas digitais, de toques de celular e singles.Actualmente ela trabalhou no álbum esperado de 2008 (lançado no dia 28/04/08) com a colaboração de artistas como Pharrell, Justin Timberlake e Timbaland, tendo inclusivé, teve duas faixas completas vazadas no ano passado deste novo álbum: “The Beat Goes On” vazou em agosto, mas foi completamente modificada e reformulada e no início de setembro caiu na web “[track artist=Madonna]Candy Shop[/track]”. Ambas foram produzidas por Pharrell e tem a sua participação nos vocais.

Mas o 1º single desse álbum, cujo nome Hard Candy, chama-se “4 Minutes” e chegou às rádios em Março de 2008.


EM DEZEMBRO, NO BRASIL......EU VOU E VOCÊ?

domingo, 16 de novembro de 2008

Criatividade, um estado de espírito

Criação, creation, création, creacion, Kreativität ....


Não importa como se escreve, mas como se desenvolve o processo.
Podemos concluir que, uma vez que todos nós, humanos, temos a capacidade de processar imagens e sons de formas variadas na mente, todos nós temos a capacidade da criatividade pura. Você é criativo por definição, por construção.

Sendo potencialmente criativos, talvez as únicas coisas que nos impeçam de criar mais sejam não acreditar nessa possibilidade ou simplesmente não ter um motivo para fazer isso.
Um dos principais ‘combustíveis’ para a criatividade é a imaginação. A imaginação permite o indivíduo formar idéias abstratas e está intimamente associado a capacidade de criação.
O ser criativo pensa, desenvolve e executa. Não há limites, não há apenas a razão como lógica contínua.
Por que Criatividade é tão importante? Será que todos nós somos criativos? É algo que vem de berço ou se aprende? Pode ser cultivada, incentivada?
O mundo evolui, descobrimos novas coisas a todo o instante. Confiar cegamente nas regras antigas significa desprezar o potencial criado pelas descobertas recentes.
Portanto, Criatividade serve muito para explorarmos o desconhecido, e para isso precisamos ter em mente que frequentemente vamos errar.
Tentar e errar faz parte do processo criativo e um dos pontos básicos para ampliarmos nosso potencial criativo é justamente reconsiderar nosso "medo" de errar, talvez transformando a palavra em "testar".

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

3.0

A vida começa mesmo aos 30.
Antes disso você passa por todas as etapas de crescimento, para alguns absurdamente brutais, para outros uma vivência incrível marcada por inesquecíveis lembranças...pelas quais você passa o resto da vida tentando apagar ou relembrar a cada dia.

Os "primeiros" beijos, paixões platônicas, amigos, viagens, faculdade, profissão, emprego.....
E neste ponto da conversa eu pergunto: onde você quer chegar?

Geralmente ouço dizer que a vida começa aos 30, porque nessa altura já passaram as crises da adolescência, já terminaram os estudos, existe o trabalho, a constituição da família e tem a sua vida mais ou menos organizada...

Você começa a entender que entender não faz mais a menor importãncia e que os momentos importantes são aqueles em que aproveita-los são a chance de escrever um novo capítulo diário. Compreende que amigos verdadeiros se tornam amores.
Começa a desfrutar a qualidade e não mais a quantidade, usufrui e não mais disperdiça....
quer dizer:
Você passa a viver e não apenas existir.
Acho que a vida começa quando você quer que ela comece!
Vale deixar aqui um registro memorável de Willian Shakespeare:

"Depois de algum tempo você percebe a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempresignifica segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão."

A minha começou bem e a sua?

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Vontade, desejo oculto?

Vontade é conceituada como sendo a capacidade de associar o "livre arbítrio e o determinismo". O próprio indivíduo tem a opção de escolher se faz ou não faz determinado ato, julgando, avaliando sugerindo e opinando sobre suas próprias ações; a resolução depende só da vontade própria. Os atos podem ser decorrentes de vontade ou de impulsos ou de instintos. O indivíduo se entrega de maneira passiva e cega, ignorando o objetivo.

Mas o que significa dizer que o mundo está adormecido?
Nenhuma ação é realizada sem ser estimulada pelo motor da vontade. Mas a vontade tem muitas camadas. Existe a camada mais externa, que dirige diretamente nossas ações.
Assim, o relacionamento entre a vontade e a ação não é estático, mas sujeito a mudanças e flutuações.
Certas vezes, o nível mais interior da vontade preenche nossas ações, vivificando-as com o desejo e a satisfação que as motivam. Outras vezes, nossos atos podem ser inertes e letárgicos, apoiados apenas pelo aspecto mais superficial de nossa vontade.
Há vezes nas quais uma pessoa reavalia aquilo que faz. O negócio está realmente dando lucro? É isso que desejo fazer com minha vida?
Ao ligar sua vida com valores mais profundos, ao fazer um balanço de todos seus atos –que cobrem o curto, médio e o longo prazo, ele descobre que é possível mudar, que o momento é agora... é seu presente.

Uma bela maneira de domar a vontade é apontá-la na direção correta.

O homem, agindo ele próprio, tem a ilusão, é verdade, do livre-arbítrio; se por um instante a roda do mundo parasse e houvesse uma inteligência calculadora omnisciente para aproveitar essa pausa, ela poderia continuar a calcular o futuro de cada ser até aos tempos mais distantes e marcar cada rasto por onde essa roda a partir de então passaria. A ilusão sobre si mesmo do homem actuante, a convicção do seu livre-arbítrio, pertence igualmente a esse mecanismo, que é objecto de cálculo.

Friedrich Nietzsche, in 'Humano, Demasiado Humano'

quinta-feira, 6 de novembro de 2008


DEFINIR, FALAR, ENTENDER, ESCUTAR !


A vida é cheia de momentos.


Acredito que exista uma resposta para cada pergunta, mas até encontrarmos uma razão para essa "possível" resposta...é importante considerarmos alguns pontos importantes:

Valorizar o que nos diferencia dos outros e nos torna únicos;
Agradecer pela pessoa que nos faz feliz todos os dias;
Tomar um sorvete assistindo a seu programa favorito na TV;
Ficar deitada ao sol no início de cada nova manhã, apenas sentindo o calor e o vento;
Respeitar nossas próprias dúvidas e entender que nem sempre a razão esta a seu lado;
Nunca maltratar crianças, idosos e animais;
Realizar uma atividade física...ou várias!
Conhecer lugares e pessoas interessantes....e tirar fotos com elas.

Respondidos todos esses momentos saberemos onde queremos chegar e quando.
Mas para que a pressa?, temos a vida toda pela frente...



A VIDA COMEÇANDO POR CIMA...09.12.2007